Sedução pela frescura

O branco Discórdia 2014 “seduz pela frescura de estilo” refere nota de prova na Revista de Vinhos de Agosto de 2017.

.

Este branco da Herdade Vale d’Évora, apresenta-se com “alusões tropicais, lima, sabugueiro, rainha-cláudia e ligeiro toque de maçã”, refere a Revista de Vinhos, acrescentando trata-se de um vinho “tenso e seco na boca,”, com “acidez e ligeiro amargo” que lhe “conferem garra”. “Sabores citrinos e florais aliam-se a impressões minerais de registo salino. Tem no carácter o que falta em profundidade”, conclui.

 

Também provado e anotado pelo jornalista Pedro Garcias do Público/Fugas, esteve o Discórdia Tinto 2013, um vinho “franco”, que “expressa bem o lugar”.